Página Inicial
Lançamento do livro O Diário de Campanha do General Tamagnini 
 
 
Teve lugar, em 21 de fevereiro, pelas 18H30, na Sala D. João IV da Academia Militar - Campus de Lisboa - o lançamento do livro...
 

Teve lugar, em 21 de fevereiro, pelas 18H30, na Sala D. João IV da Academia Militar - Campus de Lisboa - o lançamento do livro “Diário de Campanha do General Fernando Tamagnini, Comandante do CEP”, da autoria de João Vieira Borges, Isabel Pestana Marques e Eurico Gomes Dias, uma edição da Comissão Portuguesa de História Militar, com o apoio da Comissão Coordenadora da Evocação do Centenário da I Guerra Mundial e da Academia Militar.

A sessão do lançamento teve inicio com uma intervenção por parte do Tenente-General Mário de Oliveira Cardoso, Presidente da Comissão Coordenadora da Evocação do Centenário da I Guerra Mundial e autor do prefácio da obra literária. Seguiu-se a apresentação da obra com uma intervenção por parte do Tenente-General Alexandre Sousa Pinto, Presidente da Comissão Portuguesa de História Militar e editor da obra. Tomou também palavra o Major-General João Vieira Borges, Comandante da Academia Militar, coordenador e coautor do livro, que proferiu algumas palavras alusivas ao momento e à obra agora apresentada.

A importância deste livro, para um claro conhecimento das circunstâncias em que Portugal participou no Teatro de Operações Europeu da Grande Guerra e do sacrifício pedido aos seus Soldados, está bem expresso nesta passagem do Diário, escrita em 27 de Abril de 1918:

Depois de escrever este diário, o que faço à noite, fico muitas vezes matutando na situação do C.E.P., perfeitamente abandonado por quem tinha obrigação de olhar por elle; procurando descobrir meio de valer a estes desgraçados que tiveram a má sorte de serem atirados para aqui e que estão sob o meu Commando; vendo-me impotente e perfeitamente embalado com contos de vigário em que os prometimentos são repetidos. Há gente que tem 15 mezes de França e 11 de trincheira! Era tempo de os substituirem. Mas quem pensa nisso? E hão de afoitar-se se houver asneira.

 

 

 

Footer
Desenvolvido para a Comissão Coordenadora das Evocações do Centenário da I Guerra Mundial - CDD/SG/MDN - 2013